Arquivo para janeiro 2008

The summer is magic

janeiro 28, 2008

Finalmente voltamos às aulas, com uma semana de atraso. É difícil querer assistir essas aulas toscas, vou te dizer. Maldito visto de estudante, mas fazer o que. O lance é assinar a chamada e fugir no intervalo, algo que aprendemos numa faculdade aí. Heh.

churras.jpg
Bela vista da praia de Dee Why

Já do lado alegre da vida, podemos falar do churrasco pegado que fizemos ontem em Dee Why, no feriado de Australia Day. O dia mesmo é no sábado, mas rola um brasileirismo aqui também e eles jogam o feriado pra segunda, assim ninguém precisa trabalhar. E por isso fomos pra Dee Why, curtir um dia de sol e uma carninha na chapa. O resultado vocês conferem clicando aqui.

Lendo a novela no jornal

janeiro 25, 2008

O verão em Sydney anda bem instável. Pra um lugar teoricamente seco, tem chovido bastante. Às vezes passa uma semana inteira chovendo, mas quando o sol sai… A última vez que conseguimos ir pra praia foi há duas semanas. Demos a sorte de nós dois termos uma folga em um dia que foi um espetáculo. Tivemos um dia muito de turistas. As fotos estão aqui.

dsc02584.jpg

Na semana seguinte só choveu e fez frio, o que culminou no meu estado dessa semana: gripada, de cama, com quase 40 de febre e me contorcendo de dor em tudo. Pegar uma gripe aqui não foi uma experiência nada legal. Além de estar longe de casa e do colinho e chazinho da mamãe, estava também longe das drogas. Fora Paracetamol, não se compra nada sem receita em uma farmácia que possa amenizar o sofrimento de quem está gripado. Sem Novalgina pra baixar a febre, sem xarope pra melhorar a tosse e nem sequer um sorinho pra desentupir o nariz. Passei segunda e terça de cama. Agora estou bem melhor. Ainda com uma tosse de cachorro, mas já bem melhor.

Nessa semana reiniciaram nossas aulas, mas ainda não aparecemos na escola. Ah, mas eu tava doente. Dá um desconto, vai? E o Egs tava cuidando de mim…

Eu não contei pra vocês, mas não estou mais entregando panfletos. Na semana do Natal eles pediram que eu fizesse um intervalo até a segunda semana de janeiro, porque eles iam fechar a escola. Quase não gostei da idéia… Eu já tinha decidido que só ia ficar até dezembro, então finalmente parei. Não me incomodo mais com o trabalho, que era um saco, e nem preciso mais acordar de madrugada. Sou uma pessoa bem mais feliz por isso!

O Egs nesse momento está trabalhando na desmontagem do Big Day Out, um mega festival que rolou aqui ontem e hoje. Trabalho de pedreiro. Espero que ele volte inteirinho pra casa. Torçam comigo.

Too late news

janeiro 8, 2008

Depois de quase um mês sem escrever no blog, estamos de volta. Mas a explicação é simples: enquanto boa parte dos leitores desse blog estavam provavelmente de folga com as festas de final de ano, nós trabalhamos em todas as datas possíveis, incluindo a noite de ano novo (ou meu aniversário) até às nove da noite.

Nesse período de ausência, fizemos bastante coisa, além de trabalhar. E temos muitas fotos desses momentos. A começar pelo Natal, que passamos em Manly, com vários brasileiros. A ceia teve direito a peru, salada de batata e até negrinho de sobremesa. Foi bem divertido.

 

dsc02137.jpg
Nego chora ao descobrir que Papai Noel realmente existe

 

Na mesma semana, a Ale foi pra Kiama, uma praia a duas horas de Sydney. Pelas fotos, dá pra ver que o lugar é lindo, com muitas pedras e uma vista daquelas.

dsc02209.jpg
Pedra sobre pedra em Kiama

Na noite de reveillon (e, como já disse, do meu aniversário também) vimos a queima de fogos em Darling Harbour e depois fomos pra Kings Cross, assistir à virada de ano no terraço de um prédio. Não deu pra ver muita coisa na Harbour Bridge, a ponte mais famosa daqui, mas nos divertimos bastante.

 

dsc02323.jpg
Copacabana te engana: o canal é Darling Harbour

 

Finalmente, nesse último domingo comemoramos o meu aniversário pra valer, com um churrasco pra brasileiros na nossa casa. Picanha, coração de galinha e barril de Heineken pra alegrar a rapaziada. Além de muito pagode e funk, claro.

 

dsc02434.jpg
Minha cara estupefata não descreve com
exatidão o que estava essse bolo

 

Bem, esse é um resumo do que aconteceu na nossa vida nesses últimos trintas dias. Só espero que a gente não leve mais trinta pra escrever o próximo post.

*Não custa lembrar: clicando em cada uma das fotos, dá pra ver mais fotos de cada evento nos nossos álbuns do Picasa.